Salto amanhece sem ônibus público, via de acesso paralisada e carros com pneus furados

Manifestação é contrária às mudanças nas leis trabalhistas e previdenciárias. Suspeito de arremessar pregos na via foi detido.

Por Henrique Gandini (Itu - SP) 28/04/2017 - 08:00 hs
Foto: Henrique Gandini/ITV
Salto amanhece sem ônibus público, via de acesso paralisada e carros com pneus furados
Por volta das 5h30, sindicalistas paralisaram a Estrada da Convenção, que liga Salto à Itu.

Devido à greve geral contra as mudanças nas leis trabalhistas e previdenciárias, que acontece em todo o País, Salto amanheceu sem transporte público municipal e com a estrada que vai até a cidade de Itu interditada por manifestantes.

As ações começaram ainda na madrugada, pontos espalhados pela cidade foram interditados por curtos períodos de tempo. Por volta das 5h30, sindicalistas paralisaram a Estrada da Convenção, que liga Salto à Itu, na altura da ponte sobre o Rio Tietê. Durante a interdição, houve panfletagem, discurso e gritos de ordem. O local foi liberado pouco depois das 8h, quando o grupo se reuniu na Praça da Saudade para organizar passeata.

Por conta da paralisação na entrada do município, o transporte intermunicipal de Itu para Salto também foi suspenso.

Alguns motoristas tiveram pneus furados por "miguelitos", uma espécie de cruz formada por pregos entrelaçados para furar pneus de carros, espalhados pouco antes do acesso à ponte estaiada, o material também foi jogado no sentido oposto.

Um suspeito foi detido, pela GCM, no momento que jogava os pregos na SP-73, no Distrito Industrial. Segundo a Guarda Civil Municipal, o suspeito usava estilingue para arremessar o material na via. Ele foi levado à delegacia de Polícia, teve o material apreendido e foi liberado em seguida.

Segundo a Polícia Militar, até o fechamento desta reportagem, as ações foram pacíficas. Registrou-se apenas casos isolados, em que pneus foram queimados. 

A manifestação deve sair da Praça da Saudade em passeata por volta das 10h. O grupo voltará a se reunir às 15h no mesmo local.