Segundo médico, equipe de cardiologia do São Camilo é suspensa por falta de dinheiro

Assessoria de imprensa do Hospital não retornou aos contatos. Informação foi confirmada por médicos e pacientes.

Por Redação (Itu - SP) 31/03/2017 - 20:32 hs
Foto: Rogério Vecchi / Reprodução ITV
Segundo médico, equipe de cardiologia do São Camilo é suspensa por falta de dinheiro
O cardiologista ouvido pela reportagem afirmou que as demissões foram geradas por falta de dinheiro.

Informações dão conta que a equipe de cardiologistas do Hospital São Camilo em Itu foi suspensa nesta sexta-feira (31). A informação foi confirmada por um dos médicos dispensados, que terá a identidade preservada. O cardiologista afirmou que as suspensões foram geradas por falta de dinheiro.

Familiares de um paciente internado após sofrer um infarto explicaram à ITV que foram comunicados pelo diretor do Hospital que os cardiologistas deixarão de acompanhar o quadro dos pacientes e que a partir de sábado (01), os assuntos cardiológicos serão acompanhados, somente, por clínicos gerais.

Informações também dão conta que os médicos dispensados comunicaram individualmente todos os pacientes cardiovasculares sobre a decisão.

A assessoria de imprensa do Hospital São Camilo foi procurada, mas não retornou os contatos até o fechamento desta matéria. 

MUDANÇAS

Desde março de 2016 o serviço de Pronto-Atendimento Municipal de Itu, que funcionava nas dependências do Hospital São Camilo, foi fechado após a prefeitura, na época, romper contrato com o Hospital.

Com a decisão, a população que precisar de atendimento a ocorrências que não envolvam risco de morte ou de lesão irreversível no paciente devem se dirigir até um dos três PAMs existentes na cidade. Já para ocorrências que envolvam risco de morte, o atendimento deve ser prestado pelo Pronto-Socorro, que está disponível 24 horas por dia no Hospital São Camilo.