Prefeitura de Salto e Instituto Federal formalizam a construção de novo campus

Por Redação (Itu - SP) 29/06/2018 - 14:49 hs
Foto: Imprensa Salto

A Prefeitura de Salto e o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP) formalizaram nesta quinta-feira (28), a doação do terreno reservado ao IFSP, no Central Park. Com a assinatura do termo, já é possível iniciar o processo licitatório para execução de projeto do novo campus em Salto e posterior início das obras.

A formalização das tratativas foi realizada no Campus do Instituto, com a presença do Prefeito de Salto, Geraldo Garcia, do Reitor do IFSP São Paulo, Eduardo Antonio Modena, do Pró-Reitor de Administração, Silmário Batista dos Santos, da diretora da unidade do Campus Salto, Karina de Souza e do presidente da Câmara, Luiz Carlos Batista. O evento também foi acompanhado pelo secretário da Educação, José Carlos Grigoletto, pela secretária do Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo, Anita de Moraes Leis, e do secretário interino de Negócios Jurídicos, Marcello Alckmin.

O documento garante ao IFSP a dominialidade da área de 30 mil m² que será destinada à construção do seu segundo Campus na cidade. Com a nova unidade, será possível ampliar a oferta de cursos gratuitos e de vagas para estudantes de Salto e região.

Na oportunidade, houve também a assinatura do termo de cooperação entre o poder público e o Instituto quanto à utilização da estrutura da escola municipal Maria Constança de Miranda Campos, no Vila Flora. Enquanto a nova unidade não fica pronta, a estrutura da escola, que é próxima ao Instituto, poderá ser utilizada para o aumento na oferta de cursos e o desenvolvimento de atividades educacionais em parceria com a Prefeitura de Salto.

A diretora da unidade destacou que tudo o que foi acordado pelo Executivo, tem sido cumprido. “Hoje é um dia que representa um sonho que se torna realidade. Por isso, agradeço todo o trabalho efetivo, mesmo em meio às incertezas da nova proposta, e especialmente pelo esforço feito pelo Prefeito”, destacou Karina.

Já o Reitor do IFSP falou sobre a mobilização em conjunto pelo plano de ampliação do Instituto quanto à oferta de vagas e novos cursos. “Esse tipo de investimento é importantíssimo para a ampliação que o Instituto pode oferecer para cidade como um todo”, disse Eduardo Modena.

Durante o seu pronunciamento, o chefe do Executivo fez um resgate histórico sobre todo o processo de construção da nova proposta ao Instituto e como a nova unidade permitirá o avanço da cidade quanto à Educação Superior. “Este dia é simbólico, ainda mais no mês de junho, junto com as celebrações do aniversário da cidade. A vocação do Instituto se confirma nesta tarde por todo o processo desde a construção deste prédio, busca de recursos para a nova unidade, passando pela municipalização de uma escola estadual e agora com a confirmação da obra da nova unidade no Central Park. Aqui temos alunos brilhantes e profissionais que merecem um novo espaço” disse o Chefe do Executivo.

Em 2014, foi emitido um termo de transferência de posse da Abadia de São Norberto ao IFSP. Ao assumir em 2017, o Prefeito Geraldo Garcia apresentou à Reitoria a proposta de uma nova unidade em Salto, com investimentos do Ministério da Educação. As tratativas foram realizadas durante todo o ano, e confirmadas com a liberação de R$ 5,5 milhões do Ministério para início da primeira fase das obras e mais R$ 2 milhões em emendas, ambos recursos intermediados pelo deputado federal Guilherme Mussi.

Parceria

As atividades do Instituto na escola municipal Maria Constança devem começar já no segundo semestre. Em parceria com a Prefeitura, o IFSP deverá oferecer cursos de extensão e posteriormente cursos de licenciatura em Português e Matemática.

Sobre o Instituto

Inaugurado em 2006, o Campus Salto do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo iniciou suas atividades em 2 de agosto 2007. O primeiro curso a ser oferecido foi o Curso Técnico em Informática (Programação e Desenvolvimento de Sistemas).

Em 2008, entrou em funcionamento do Curso Técnico em Automação Industrial (Processos Industriais). Atualmente, os Cursos Técnicos em Informática e em Automação Industrial são oferecidos nos períodos vespertino e noturno. A partir de 2009 passaram a ser oferecidos, também, dois cursos superiores de tecnologia: Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas, na área de Informática e o Curso de Tecnologia em Gestão de Processos Industriais, na área de Indústria (Mecânica), no período matutino.