Programa de parcelamento de dívidas de Salto é prorrogado até junho de 2018

Pelo PEP, é possível regularizar os débitos de forma parcelada e com descontos em multas e juros

Por Redação (Itu - SP) 28/12/2017 - 14:34 hs
Foto: Imagem da Internet

A Prefeitura de Salto prorrogou o Programa Especial de Parcelamento (PEP) até 30 de junho de 2018. A medida que estava prevista para encerrar no último dia deste ano terá agora mais seis meses de duração. O PEP visa atender a demanda dos munícipes que precisam renegociar os débitos.

O Programa é uma opção de parcelamento aos munícipes que estão com o pagamento de impostos atrasados, como IPTU, ISSQN, taxas de licença, de uso do cemitério e até mesmo multas.  

Pelo PEP, é possível regularizar os débitos de forma parcelada e com descontos em multas e juros, de acordo com as seguintes opções. Para participar do PEP, o munícipe deve ir até o Atende Fácil, na rua José Revel, 270, com documentos pessoais. Também é possível aderir pela internet, no link: https://cidadaosalto.giap.com.br, clicando no ícone PEP.  Para as empresas, é necessário levar o contrato social, e, em caso de terceiros, é preciso entregar uma procuração.

O Prefeito Geraldo Garcia destaca que o programa é importante, pois dá a oportunidade de as pessoas negociarem as dívidas em atraso, com condições acessíveis de pagamento. “Devido à grande procura, resolvemos aumentar o prazo do PEP por mais seis meses. Esta é uma oportunidade àqueles que desejam ficar em dia com as dívidas em atraso, e a entrada deste recurso é importante para a Prefeitura, porque está diretamente atrelado às realizações da cidade como um todo”, disse o chefe do Executivo.

Confira algumas opções:

 

1 - para o pagamento à vista, não haverá cobrança de multas e juros; - com parcelamento em até 4 vezes, desconto de 90% em juros e multas;

2 - com parcelamento em até 8 vezes, desconto de 70% em juros e multas;

3 - com parcelamento em até 12 vezes, desconto de 50% em juros e multas;

4 - com parcelamento em até 36 vezes, desconto de 30% em juros e multas.