Integrante de facção criminosa é presa com pistola 9 milímetros em Itu

Mulher tem pena de prisão a cumprir até 2037.

Por Henrique Gandini (Itu - SP) 17/09/2017 - 08:27 hs
Foto: Divulgação PM
Integrante de facção criminosa é presa com pistola 9 milímetros em Itu
Policiais apreenderam, também, quase 300 micro tubos de cocaína.

Policiais militares de Itu prenderam, na tarde do último sábado, uma mulher suspeita de integrar facção criminosa que atua dentro e fora dos presídios, no bairro Cidade Nova. Com ela, arma e drogas foram encontradas.

A Polícia Militar informou que recebeu uma denúncia de que uma mulher foragida da justiça conhecida como "patroa do tráfico" estaria escondida na rua Votorantim. A moça, moradora de Sorocaba (SP), era investigada pelo Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (GAECO) e tem pena de prisão a cumprir até 2037 pelos crimes de tráfico de drogas e associação com a facção criminosa conhecida por Primeiro Comando da Capital. 

Com a informação da residência que a foragida poderia estar escondida no endereço, em Itu, os militares prosseguiram até o local e encontraram a mulher escondida em um dos quartos. Aos policiais, ela confirmou a situação judicial.

No mesmo imóvel, os agentes localizaram uma pistola importada, calibre 9 milímetros, com 4 munições e numeração raspada e 278 micro tubos de cocaína. 769 micro tubos vazios também foram encontrados.

Evelyn Aparecida Pironi, de 27 anos, foi encaminhada ao Plantão Policial de Itu e será enviada, novamente, ao sistema penitenciário.